“Paolo Banchero nunca se apequena nos desafios”, exalta técnico do Magic

Jamahl Mosley não poupa elogios a desempenho do jovem astro nos playoffs depois de eliminação

paolo banchero técnico magic Fonte: Reprodução / Instagram

O Orlando Magic está eliminado dos playoffs, mas o técnico Jamahl Mosley sabe que não foi por culpa de Paolo Banchero. Pelo contrário. Afinal, o jovem craque fez uma primeira série de pós-temporada histórica. Ele liderou a equipe para forçar sete jogos contra um mais experiente Cleveland Cavaliers. Para o treinador, o desempenho foi uma prova da grandeza do talento e personalidade do ala-pivô.

“Em primeiro lugar, Paolo é um jogador especial. Existem boas razões pelas quais já é um all-star e ainda vai aparecer em vários times ideais da NBA. Nunca está assustado para jogar nos momentos mais importantes. E, mais do que isso, nunca se ‘apequena’ nos desafios dessa liga. É um competidor que possui resposta para cada opção que o outro time utiliza”, exaltou o treinador, após a eliminação da franquia.

Banchero finalizou o duelo contra o Cavs com médias de 27,0 pontos, 8,6 rebotes e 4,0 assistências. Os seus 36 pontos e 18 rebotes no sétimo jogo da série acabou sendo em vão por causa de uma noite pouco inspirada do resto do time. Durante o confronto, ele tornou-se o segundo atleta mais jovem da história da NBA a fazer 30 pontos em três partidas da mesma série. Só LeBron James o fez com menos idade.

Publicidade

“Paolo realizou um ótimo trabalho atacando o aro e tentando fazer os passes para achar os seus companheiros bem posicionados. Além disso, teve um grande desempenho nos rebotes. Ele simplesmente entra em quadra e faz tudo o que pedimos antes da partida. Aliás, faz tudo o que a equipe precisa para ganhar jogos. É simplesmente especial”, completou Mosley.

Leia mais sobre Paolo Banchero

Reconhecimento

Não foi só o técnico do Magic, aliás, que teve vastos elogios a Paolo Banchero depois da série. Vários jogadores de Cleveland, por exemplo, reconheceram o grande rendimento do adversário. O astro Donovan Mitchell foi um dos mais enfáticos, pois, em entrevistas pós-jogo, chamou o ala-pivô de “monstro”. A nova referência de Orlando revelou que também recebeu elogios do ala-armador pessoalmente.

Publicidade

“Donovan e eu tivemos um momento único quando o cronômetro estava para zerar. Ele parou a bola e disse que tinha muito respeito por mim. Então, trocamos alguns elogios. Isso é engraçado porque ele foi o primeiro jogador da liga contra quem joguei antes de entrar na NBA. Era uma partida amadora, amistosa. Por isso, estar aqui foi simbólico para mim”, contou o atleta de 21 anos.

Esse pequeno histórico faz com que Banchero veja um significado ainda mais especial em sua estreia nos playoffs. A derrota é dolorosa, mas a sua jornada só começou na NBA. “O nosso primeiro confronto faz muito tempo. Eu acho engraçado, então, que a minha primeira série de playoffs tenha sido contra Donovan. É como se estivesse escrito”, descreveu.

Publicidade

Remorso

Um dos jogadores que deixaram Banchero “na mão” foi Franz Wagner. O ala teve uma atuação tenebrosa e, como resultado, acertou só um de 15 arremessos de quadra. O segundo melhor jogador da equipe já disse que vai ser um jogo que vai “assombrá-lo” as férias inteiras. No entanto, como um bom líder, o ala-pivô não quer ver o colega de cabeça baixa. Afinal, é hora de olhar para frente.

“Nós não estaríamos aqui sem Franz, antes de tudo. Ele exige basquete de alto nível de si mesmo e cobra-se muito como jogador. Anteriormente, eu já estive nessa situação em que achava que poderia ter ajudado a equipe bem mais em uma derrota. Mas, no fim das contas, o mais importante é que você não deixe que esse tipo de atuação o defina”, concluiu o jovem talento.

Publicidade

Assine o canal Jumper Brasil no Youtube

Todas as informações da NBA estão no canal Jumper Brasil. Análises, estatísticas e dicas. Inscreva-se, mas dê o seu like e ative as notificações para não perder nada do nosso conteúdo.

E quer saber tudo o que acontece na melhor liga de basquete do mundo? Portanto, ative as notificações no canto direito de sua tela e não perca nada.

Publicidade

Então, siga o Jumper Brasil em suas redes sociais e discuta conosco o que de melhor acontece na NBA

Últimas Notícias

Comentários